Uma análise cromática dos partidos do Brasil

As principais cores de cada partido, ordenadas por matiz

No último dia 15, minha rotina de domingos preguiçosos da quarentena foi brevemente alterada por um evento atípico. Não, não foi (só) o inusitado dia ensolarado em São Paulo, mas sim a ida às urnas para a escolha dos representantes políticos do Executivo e Legislativo a nível municipal.

Para além das escolhas conscientes a serem feitas nesse dia, quis fazer uma outra: a da cor da camisa com a qual sairia de casa. …


Photo by Pro Church Media on Unsplash

Debunking the dynamic of pitting pop divas against each other, with an exploratory data analysis on their strengths

If you, like me, are the kind of person that takes pop music seriously, chances are you have already been involved in heated discussions about pop divas. More often than not, arguments regarding this matter end up pitting women against each other and reinforcing the musical industry’s deeply rooted misogyny.

One of the reasons it may not be fruitful to engage in this discussion of trying to find the ‘best’ pop diva is that, just like everybody else, they all have their strengths and weaknesses. …


A jornada de criação do nosso programa de Data Literacy nada típico

Quando eu comecei no Stoodi, havia menos de 20 funcionários, todo mundo ia almoçar junto e pra saber quanto a empresa tinha faturado durante o dia, o CTO tinha que parar pra rodar uma query em SQL no banco.

Tempos mais simples, né?

Cá estamos, em 2019, uma empresa com quase 100 colaboradores, numa sede nova, dentro do maior grupo de educação do mundo e vários novos desafios para enfrentar.

Algumas coisas nunca mudam, porém.

Construir uma cultura data-driven toma tempo, esforço e MUITO trabalho.

Hoje, sou responsável pelo time de Dados e promover uma cultura orientada a dados é…


A (musical) journey into our first Data Science project

In the process of starting my career as a Data Scientist at Stoodi — an ed-tech company based in São Paulo — I understood something really important as I was listening to that Prince song.

If it works for Prince, then it probably works for you too.

Data Science doesn’t have to be cool to rule my world.

Even though we love to use the latest model architectures and frameworks, Data Science projects don’t need to use the latest technology to deliver value.

Some of us are lucky enough to be working at companies where Data Science is already established as a core competence of business and where there are huge teams…


Que versão de 2017 queremos viver?

Pense no número absurdo de eventos nos quais tomamos parte todos os dias. Decisões, conversas, interações. E se existissem infinitos universos — um Multiverso — em que cada um desses eventos aconteceu de uma maneira diferente? E se de repente você acordasse num desses universos alternativos, em que sua vida é totalmente diferente?

Dark Matter, do Blake Crouch ,— elencado como um dos melhores livros de ficção científica de 2016— gira em torno dessa temática. Sem entregar muito o enredo, o livro traz suspense, ação e ficção científica junto de reflexões sobre identidade, individualidade, loucura, amor e sobretudo escolhas.

Adeus ano velho

Partindo…


Como garantir a aprendizagem das soft-skills?

Resposta curta: As instituições de ensino deveriam estruturar os currículos estabelecendo atividades e projetos que garantam a aprendizagem paralela das soft-skills.

Acompanho de perto o panorama do ensino superior mundo afora e venho percebendo um tema recorrente: a aparente fraca formação dos recém-graduados no campo das soft-skills. Há um clamor do mercado por indivíduos que não só tenham conhecimentos técnicos, mas também sejam capazes de se comunicar efetivamente, trabalhar em grupo, pensar criativamente e raciocinar criticamente.

Dentro do contexto universitário, muitas destas capacidades surgem como efeito colateral do envolvimento em atividades extracurriculares, por exemplo. …


Promovendo a inovação educacional no ensino superior

Acreditamos que a educação oferecida pelo nosso sistema de ensino superior está muito longe do tipo de educação necessária no século XXI. Dado o contexto em que vivemos, de mudanças cada vez mais rápidas, é preciso repensar nossas estruturas sociais de transmissão e criação de conhecimento.

Trazendo esta discussão para a realidade de sala de aula, acreditamos que os modelos tradicionais de ensino e aprendizagem estão ocasionando um desperdício sem precedentes do potencial de jovens universitários, minando, muitas vezes, sua curiosidade intelectual e vontade de aprender.

Mas isso você já sabia, não? Todos nós, de uma maneira ou de outra…


Quem vai mudar o ensino superior?

Aos muitos universitários por aí.

Algo que aprendi nos últimos tempos é que muitas pessoas andam insatisfeitas com o sistema educacional. No caso dos jovens, isso é especialmente verdade para o ensino superior. Fala-se sobre como ele está acabando com nossa motivação, minando nossa criatividade e nos preparando mal para o que vamos encontrar no mercado de trabalho. De fato, as mudanças no mundo e na sociedade tem deixado cada vez mais evidente a necessidade de grandes mudanças.

O problema é que a maioria de nós para por aqui.

Por conta de estarmos em contato com essa realidade diariamente, temos…


Fonte: http://www.lifeofpix.com/

É tudo sobre o seu sinal.

A publicação abaixo é uma tradução autorizada que fiz do original “The Two Great Secrets of Higher Education”, escrito por Isaac Morehouse (tem muita coisa boa por lá!). Thank you so much , Isaac!

  1. O custo da faculdade é pago por uma razão: para comprar um sinal.
  2. Esse sinal não vale o investimento comparado com o que você pode criar em outro lugar.

Esses dois grandes segredos não são conhecidos por quase ninguém. Poucas pessoas conhecem o primeiro segredo, mas falsamente concluem que o sinal ainda é a melhor opção.

Um pequeno mas crescente número de pessoas parcialmente entendem o…


E você só se deu conta disso agora.

Imagem retirada de www.gratisography.com

Imagine esse cenário: Após se dedicar muito, você consegue ingressar numa instituição de ensino superior. Está empolgado, motivado e ansioso por todas as oportunidades que estão por vir. Todas as coisas que você vai viver e aprender na faculdade!

O tempo passa e a dura realidade se apresenta: mais professores ruins que bons, um currículo muitas vezes desconexo do “mundo real”, aulas desinteressantes, entre outros problemas. Quando você se dá conta, percebe que todo mundo está estudando para passar, não mais para aprender.

O que foi que aconteceu com aquela sua motivação?

Vou te dizer o que aconteceu: a universidade…

Adauto Braz

Data Scientist Manager, learning addict and music maniac| adautobraz.neto@gmail.com |

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store